• Entre em contato (32) 3239-5000
  • Atendimento domiciliar (32) 3311-7770
  • Whatsapp (32) 98834-2423
Entre em contato (32) 3239-5000 facebook.com/cortesvillela

Como evitar doenças de inverno?





A estação mais fria do ano chegou e com ela geralmente surgem a contaminação pelas denominadas ‘doenças de inverno.’ Algumas das principais patologias que geralmente acometem a população brasileira nesse período do ano são gripes, resfriados, alergias, amigdalites, otites e sinusites. 

 

Além destas doenças proporcionarem indisposição, desconfortos, cansaço, dores de cabeça, problemas na respiração e fala, elas podem levar à sérias complicações, como a pneumonia, por exemplo.

 

O Côrtes Villela entende que o melhor remédio é a prevenção, por isso, nós preparamos esse guia completo sobre como evitar as doenças de inverno. 

 

Confira detalhadamente quais são elas e descubra como se proteger de tais enfermidades. 

 

Alergias 

 

As alergias são causadas por reações do organismo a diversos elementos, como pelos de animais, mofo, poeira, perfumes, dentre outros. Os principais sintomas são espirro, coceira e tosse. O tratamento é específico para cada caso e a prevenção pode ser feita mantendo os ambientes ventilados, limpos e evitando o contato com substâncias que podem desencadear alergia.

 

Amigdalite 

 

A amigdalite é causada por vírus ou bactérias, sendo uma inflamação das amídalas que causa dor de garganta e ao engolir, mau hálito e febre. O tratamento é feito com anti-inflamatórios. Para se prevenir, é importante evitar mudanças bruscas de temperatura.

 

Asma

 

A asma é caracterizada pela inflamação dos pulmões e vias aéreas. Ela é mais comum em crianças, embora também acometa adultos. Os sintomas são chiados no peito, tosse e sensação de falta de ar. O tratamento é feito com broncodilatador e deve-se eliminar a poeira doméstica para a prevenção da doença.

 

Bronquite 

 

Bronquite é caracterizada pela inflamação dos brônquios, o que impede a chegada do ar aos pulmões. Causa tosse seca com chiado seguida de tosse com catarro. O tratamento geralmente é realizado a partir da utilização de vaporizadores, analgésicos, descongestionantes nasais e hidratação. Para prevenir-se da doença, o cigarro deve ser evitado.

 

Gripe 

 

A gripe é causada pelo vírus influenza e, além dos sintomas ao resfriado, causa febre alta e abrupta, dores no corpo e fadiga. Pode provocar complicações se não for diagnosticada e tratada corretamente. O tratamento é feito com analgésicos, antitérmicos, repouso e hidratação. Para prevenir-se é aconselhável lavar bem as mãos e o nariz, evitar aglomerações e tomar a vacina anual.

 

Otite 

 

A Otite é causada por vírus ou bactérias que contaminam a garganta e migram até o ouvido provocando dores e febre. Ela é bastante comum em crianças e o seu tratamento é feito com antibióticos e analgésicos e a prevenção pode ser feita mantendo limpas as vias aéreas.

 

Pneumonia 

 

Pneumonia é a infecção aguda dos pulmões que pode ser causada por bactérias, vírus ou fungos. A pneumonia pode surgir após uma gripe ou crise de bronquite severas. O seu tratamento é realizado com antibióticos, mas se não for bem tratada pode levar à sérias complicações e até mesmo à morte. Para prevenir-se desta doença o ideal é manter-se aquecido e protegido das baixas temperaturas e principalmente manter as vacinas em dia, como a vacina pneumocócica.

 

Resfriado 

 

Gripes e resfriados têm sintomas semelhantes, embora sejam doenças diferentes. O resfriado geralmente dura de quatro a cinco dias, mas pode se prolongar por até duas semanas, causando coriza, obstrução das vias respiratórias, febre baixa, espirros e dor de garganta. O tratamento alivia os sintomas e é feito com analgésicos e antitérmicos. Para prevenir-se, é aconselhável lavar bem as mãos e o nariz.

 

Rinite 

 

A rinite é causada por irritação ou inflamação da mucosa do nariz, é uma das doenças alérgicas mais comuns. Causa espirros, coriza, coceira e entupimento do nariz. O tratamento é feito com medicamentos e vacinas antialérgicas. Para prevenir-se, é aconselhável manter o ambiente limpo.

 

Sinusite 

 

Sinusite é a inflamação dos seios nasais, que são cavidades no crânio em torno do nariz. Provocada por alergias ou infecções por vírus ou bactérias, causa dor de cabeça, pálpebras inchadas, nariz entupido, secreção nasal e dor nos olhos. O tratamento pode ser feito com corticoides, descongestionantes e antibióticos no caso de infecção bacteriana. Para prevenir a sinusite, o descongestionante nasal pode ser usado por um curto período quando há coriza.

 

Dicas para ficar livre das doenças de inverno 

 

 

Como você pôde perceber, doenças de inverno não são brincadeira, podendo levar até mesmo à óbito. Por isso, o cuidado é essencial. Pensando no seu bem-estar e de quem você ama o Dr. Ricardo Villela Bastos, médico especialista do laboratório Côrtes Villela aponta as principais medidas para evitar as doenças de inverno.  Confira: 

 

1 – Manter o ambiente umidificado, arejado e limpos livres de pó e poeira, pois os alérgenos, vírus e bactérias ficam mais concentrados em ambientes fechados e pouco ventilados.

2 – Em creches deve-se sempre procurar realizar a higienização dos brinquedos e evitar que as crianças durmam próximas umas das outras, o ideal e manter uma distância mínima de 1 metro entre elas.

3 – Evite aglomerações e tenha cuidado com a higiene, principalmente com a lavagem das mãos após contato com possíveis contaminantes. 

4 – Proteja-se do frio com agasalhos adequados e cachecóis.  

5 – Vacine-se contra a gripe, disponíveis no serviço público e em laboratórios particulares que atendam seu convênio. 

6 – Alimente-se de maneira saudável com frutas, verduras, legumes e alimentos quentes como caldos e sopas.

7 – Pratique atividades físicas e não perca um boa noite de sono.

8 – Hidratação adequada para evitar ressecamento das vias aéreas.

9 – Evite mudanças bruscas de temperatura.

10 – Evite tabaco e ambientes esfumaçados. 

 

Seguindo estas medidas você fica protegido contra as enfermidades do inverno. Aproveite a estação mais fria do ano com saúde! Agende sua vacina!  E compartilhe essas dicas com quem você ama e ajude mais pessoas a ficarem livres dos incômodos do inverno.