O que saber sobre Febre Amarela

O que você precisa saber sobre a Febre Amarela





O número de casos confirmados de febre amarela em Juiz de Fora está cada vez maior e,  mesmo assim, há muitas pessoas que ainda não tomaram a vacina ou simplesmente não fazem a sua parte e contribuem com a proliferação do mosquito Aedes aegypti.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES), 29 juiz-foranos foram infectados pela doença apenas este ano,sendo que seis deles morreram. O município lidera o ranking do maior número de casos confirmados de febre amarela em Minas Gerais. Faça a sua parte e ajude a combater essa e demais doenças transmitidas pelo Aedes.

Transmissão

A Febre Amarela é causada por um vírus que, transmitido pelo mosquito mosquito infecta seres vivos por meio de uma simples picada. Pode ocorrer em áreas rurais ou urbanas. No meio rural, os mosquitos responsáveis pela contaminação são os Haemagogus e Sabethes. Já no meio urbano, é o Aedes aegypti, o mesmo propagador dos vírus da dengue, zika e chikungunya.

Diagnóstico

Apenas um médico pode dar o diagnóstico da doença mediante a análise de exames de sangue tradicionais.

Sintomas

Dores no corpo, mal-estar, náuseas, vômitos e, principalmente, febre. Os sintomas duram em média três dias. Quando o quadro evolui, o vírus da febre amarela  pode atacar o fígado, devido às complicações hepáticas e as pessoas ficam com uma cor amarelada.

Tratamento

Não há nenhum tratamento para eliminar o vírus. Há medidas apenas para aliviar os sintomas da doença. Após os três dias, se os sintomas não passarem, a pessoa deve procurar um médico. Não é aconselhado tomar nenhum medicamento em casa, isso pode agravar a doença.

Prevenção

A vacina é oferecida a toda população de forma gratuita pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Desde abril de 2017 a dose única tem sido aplicada, ou seja, a pessoa só precisa vacinar apenas  apenas uma vez na vida. Todas as pessoas que moram em Áreas com Recomendação da Vacina contra febre amarela ou que vão viajar para essas áreas devem estar vacinadas.

Vacinas em Juiz de Fora contra Febre Amarela

As doses estão disponíveis nas 63 Unidades Básicas de Saúde (UBS), Pronto Atendimento Municipal (PAM) Marechal e os Departamentos de Saúde do Idoso e da Criança e do Adolescente.  O Laboratório Côrtes Villela também disponibiliza a vacina para Febre Amarela. Entre em contato conosco para saber mais! Telefone: (32) 3239- 5000

Quem pode tomar

A vacina é indicada para crianças a partir de 9 meses e pessoas com até 60 anos. Idosos e gestantes devem ter orientação médica. No caso de mulheres grávidas ao se vacinar, além a gestante transfere os anticorpos para o feto por meio da placenta e, depois do parto, pelo leite materno. Porém, é preciso consultar o médico antes.

Contra o Aedes

Apenas 10 minutos de sua semana são necessários para evitar a proliferação do mosquito. Esta rotina tem que ser semanal, pois este é o período que o Aedes aegypti  se desenvolve da fase de ovo para a fase de mosquito adulto. Verifique possíveis focos de reprodução do mosquito, locais onde podem-se acumular água limpa e parada, como caixas d’água ou cisternas, calhas, filtros de água, ralos, pneus velhos, bandeja de ar condicionado, bandeja de geladeira, vasos de planta, vaso sanitário, baldes e garrafas, lonas sobre objetos ou toldos, piscinas.

Referência em análises

O Laboratório Côrtes Villela  participou de uma análise de exames,  acompanhada pela equipe de reportagem da Rede Globo para o  programa Bem Estar, de um paciente com suspeita de febre amarela internado no Hospital Albert Sabin, em Juiz de Fora, onde localiza-se também uma unidade do Côrtes Villela. O Hospital das Clínicas de São Paulo, a Fiocruz e outras instituições monitoram a eficácia de um remédio contra a hepatite C, que está sendo usado de forma experimental para o combate à febre amarela. Ele é produzido no exterior porém é muito caro e ainda não há estudos que comprovem a sua eficácia.  

O paciente, um homem de 58 anos chegou a passar por um transplante de fígado de emergência, em janeiro, por causa de um quadro de hepatite fulminante. A Secretaria de Estado de Saúde (SES) ainda não divulgou o resultado dessa análise e mais detalhes sobre o paciente. O caso ainda segue em observação.

Você sabia…

De acordo com o Ministério da Saúde, os homens são os mais afetados pelo vírus da febre amarela? Dos  casos confirmados da doença no Brasil até o momento, mais de 85,% são do sexo masculino, com maior prevalência em quem tem entre 36 e 55 anos.

Já conhece o nosso app?

A partir de agora você pode acessar os resultados de  seus exames laboratoriais sem precisar sair de casa. Com o aplicativo Côrtes Villela, disponível na Google Play e Apple Store, o laboratório oferece os seus principais serviços para você com comodidade e segurança.

Baixe o app Côrtes Villela

O Laboratório Côrtes Villela realiza, há 90 anos, uma variedade de exames, desde os mais simples e de rotina, aos mais complexos e específicos. Confira aqui os exames oferecidos.  Nós estamos à disposição para cuidar da sua saúde.


WhatsApp chat