Lista de vacinas para 2020

Lista de vacinas para 2020





A vacinação é um dos mecanismos mais eficientes para auxiliar o organismo humano na luta contra infecções e bactérias. 

Basicamente, ela consiste em ajudar o corpo a produzir anticorpos para resistir às doenças que eventualmente o atingirá. 

Geralmente, sua composição é a base de substâncias e microrganismos inativados ou atenuados, que ao serem introduzidos no organismo, estimulam a reação do sistema imunológico quando em contato com um agente causador de patologias.

No entanto, para que a resposta do corpo seja positiva, você precisa estar com seu cartão de vacinas em dia.

Para isso, todos os anos, a Sociedade Brasileira de Imunização (SBIm) define um calendário vacinal, especificando quais sãos as necessidades daquele período.

Mas você sabe quais são as vacinas necessárias para sua faixa etária?

Continue a leitura para descobrir!

Quais são as principais vacinas que uma pessoa deve tomar?

Saiba que a vacinação é algo que não se restringe apenas a bebês e crianças. 

Até porque, ao longo da vida, pessoas de todas as idades precisam realizar o reforço de algumas doses e até buscar imunizações novas. Em alguns casos, essas vacinas só estarão disponíveis na rede particular. 

As doses são ministradas conforme a faixa etária, portanto desde que a pessoa nasce até a terceira idade, é fundamental seguir o calendário estipulado pelo Ministério da Saúde.

Crianças de 0 a 6 meses

– BCG 1;

– Hepatite B2;

– Vacina VIP 3; 

– Pentavalente; 

– Rotavírus 4; 

– Pneumônica 10 valente; 

– Meningocócica C; 

– Febre amarela; 

– Sarampo; 

– Caxumba; 

– Rubéola; 

– Tetra Viral; 

– Hepatite; 

– Tríplice bacteriana (DTP); 

– Varicela; 

– Influenza anualmente até completar 6 anos.

Nessa faixa etária, é importante seguir o cronograma de vacinas mês a mês. 

Crianças acima de 7 anos e adolescentes

– BCG; 

– Hepatite;

– Difteria e Tétano;

– Inativada Poliomielite;

– HPV;

– Sarampo;

– Caxumba Rubéola, Febre amarela.

Nessa fase da vida, algumas vacinas têm 1ª e 2ª dose, assim é fundamental sempre levar a carteira de vacinação na visita à unidade de saúde.

Adultos entre 20 e 59 anos

– Difteria e Tétano;

– Hepatite B (caso não tenha tomado antes);

– Febre amarela (caso não tenha tomado antes)

Idosos – Acima de 60 anos

– Vacina da Gripe anualmente;

– Febre amarela e hepatite B (se não tiverem tomado antes);

– Difteria e Tétano (reforço).

Gestantes

– Vacina da Gripe;

– Sarampo; 

– Caxumba e Rubéola; 

– Hepatite B (se não tiverem sido imunizadas anteriormente).

Quais são os grupos prioritários?

Integram o grupo prioritário, pessoas que possuem alguma condição que facilita o acometimento pelas doenças.

Em campanhas de vacinação como a da gripe, por exemplo, esses indivíduos são os primeiros a serem vacinados.

São considerados prioritários:

– Idosos;

– Profissionais da área da saúde;

– Trabalhadores na área da educação;

– Crianças de 6 meses a 5 anos de idade;

– Gestantes;

– Mulheres que deram a luz até 45 dias antes da vacina;

– Indígenas;

– Servidores públicos do sistema prisional;

– Presidiários;

– Portadores de doenças crônicas.

Existem contraindicações para se vacinar?

As contraindicações apenas se aplicam às vacinas de bactérias ou vírus atenuados, isto é, as vacinas que são fabricadas com bactérias ou vírus vivos, como a vacina BCG, tríplice viral, catapora, poliomielite e febre amarela.

Assim, estas vacinas estão contraindicadas a:

– Indivíduos imunossuprimidos, como pacientes portadores de AIDS, em quimioterapia ou transplantados, por exemplo;

– Indivíduos com câncer;

– Indivíduos em tratamento com corticóides em dose alta;

– Grávidas.

As vacinas que não contêm bactérias ou vírus vivos podem ser administradas em qualquer pessoa.

No caso do indivíduo ser alérgico a algum componente da vacina, deve consultar um alergologista para ele decidir se a vacina deve ou não ser administrada, como é o caso de:

– Alergia ao ovo: vacina da gripe, tríplice viral e da febre amarela;

– Alergia à gelatina: vacina da gripe, tríplice viral, febre amarela, raiva, varicela, tríplice bacteriana: difteria, tétano e coqueluche.

É importante consultar um médico antes para não correr o risco de ter alguma complicação.

Onde posso me vacinar em Juiz de Fora e região?

O laboratório Côrtes Villela dispõe de inúmeras vacinas para que você possa se sentir tranquilo e protegido.

Em Juiz de Fora elas podem ser encontradas nas unidades dos bairros:

– Alto dos passos;

– Benfica,

– Matriz Centro;

– São Pedro.

Na unidade do bairro São Mateurs e no Posto Mais Você – Rio Branco também é possível obter a imunização, no entanto, neste momento, por conta da pandemia do coronavírus, esses locais se encontram com os serviços suspensos.

Além disso, também é possível se vacinar na unidade da cidade de Ubá.

É tanta opção que você nunca mais vai dizer que não consegue manter o cartão vacinal em dia.

Além do mais, contamos também com o serviço de vacinação em domicílio, que é o ideal para este período de isolamento social.

Para agendar o atendimento em casa, o paciente deve entrar em contato com o laboratório pelo telefone (32) 3311-7770, whatsapp (32) 98834-2423  ou pelo nosso site. 

Outra alternativa é o aplicativo Onlife, uma ferramenta recém-lançada pelo Côrtes Villela, que está disponível para os sistemas Android e iOS. 

Agende já.


WhatsApp chat