vacina contra gripe em 2020

Quem pode se vacinar contra a gripe em 2020?





O governo federal resolveu antecipar o início da campanha de vacinação contra a gripe 2020

Até então, a imunização estava prevista para iniciar na segunda quinzena de abril, mas agora, as primeiras doses da vacina já estarão disponíveis na rede pública a partir de março.

Na rede privada, o laboratório Côrtes Villela também disponibilizará a vacina.

Haverá um esquema de grupos prioritários de acordo com as datas informadas pela campanha (veja abaixo).

Idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores da área da saúde serão os primeiros a serem protegidos.

Eles foram priorizados por conta do aumento dos casos do coronavírus, também conhecido como Sars-Cov-2. 

Isso não significa que a vacina evita o ataque do Sars-Cov-2.

Na verdade, ao proteger os idosos do vírus influenza, que causa a gripe, impede uma sobrecarga do sistema respiratório que se agravaria com um eventual ataque do novo coronavírus.

Já os trabalhadores de saúde serão imunizados pelo risco de entrarem em contato com ambos os vírus e também por poderem transmiti-los a pessoas que já estão fragilizadas em ambientes hospitalares.

Para entender ainda mais sobre a campanha de vacinação contra a gripe de 2020, continue a leitura.

Quem pode se vacinar contra a gripe em 2020?

O Ministério da Saúde encomendou mais de 75 milhões de doses da vacina. A meta neste ano é proteger ao menos 67 milhões de brasileiros, ou seja, 90% do público-alvo.

Como dito anteriormente, neste primeiro momento, a imunização está concentrada em idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores da saúde.

Antes, a campanha tinha o foco em imunizar primeiramente as gestantes, crianças com até seis anos, mulheres até 45 dias após o parto e idosos a partir dos 60 anos. 

No entanto, este ano, adultos de 55 a 59 anos também foram incluídos e terão direito à vacinação na rede pública de saúde.

A mudança ocorreu com foco na prevenção de doenças respiratórias no público que mais tem sido afetado pelo novo coronavírus, que é formado por idosos.

Confira a lista de pessoas que podem se proteger gratuitamente pelo SUS – Sistema Único de Saúde:

– Idosos com mais de 60 anos

– Adultos com 55 a 59 anos

– Crianças de 6 meses a 6 anos incompletos (5 anos, 11 meses e 29 dias)

– Gestantes

– Puérperas (mulheres que tiveram um filho nos últimos 45 dias)

– Trabalhadores da área de saúde

– Professores de escolas públicas e privadas

– Povos indígenas

– Portadores de doenças crônicas e outras condições clínicas

– Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos que estão sob medidas socioeducativas

– População privada de liberdade

– Funcionários do sistema prisional

– Profissionais de forças de segurança e salvamento (policiais e bombeiros, por exemplo)

Quem não pode tomar a vacina contra a gripe?

Atualmente, não há contraindicação para a vacina da gripe, uma vez que o imunizante contra o vírus Influenza é uma vacina morta e inativada.

Até mesmo indivíduos alérgicos ao ovo, que fizerem parte do público-alvo, estão liberados para tomar sua dose. 

Durante muito tempo, pessoas com alergias ao ovo não podiam receber a vacina.

Isso acontecia porque, durante o processo de fabricação, as partículas de vírus incluídas na vacina são cultivadas dentro da casca e usam a clara e a gema como substrato. 

Daí existia o risco de ficarem traços de ovo no imunizante, o que poderia levar a uma reação anafilática séria.

Entretanto, os avanços na produção permitiram reduzir a quantidade de ovo utilizada na produção das doses, sendo que a probabilidade de um evento adverso alérgico ficou muito pequeno, ou seja, quase nulo.

A vacina só é contraindicada para crianças menores de seis meses.

Do que é feita a vacina contra a gripe?

vacina contra gripe 2020

A receita do imunizante varia a cada ano.

Isso porque os tipos de vírus Influenza que circulam mudam constantemente.

A Organização Mundial da Saúde monitora quais as cepas do vírus influenza que estão circulando com mais frequência nos países.

Com base nessas informações, é definida uma composição da vacina para o Hemisfério Sul e outra para o Hemisfério Norte.

Em 2020, a composição da vacina trivalente (com três cepas) utilizada na rede pública ficou assim:

– A/Brisbane/02/2018 (H1N1) pdm09 like-virus;

– A/South Australia/34/2019 (H3N2);

– B/Washington/02/2019 like-virus.

Ainda é possível encontrar nas clínicas privadas, uma vacina quadrivalente (com quatro cepas), que traz proteção adicional contra o vírus influenza B/Phuket/3073/2013 (Yamagata).

A vacina contra a gripe protege do coronavírus?

A vacina contra a gripe não protege contra o novo coronavírus, apenas contra os tipos de influenza.

Porém, na verdade, ela ajuda a diferenciar a infecção causada pela gripe da desencadeada pelo Sars-Cov-2.

Ou seja, se o sujeito que recebeu a dose da vacina apresentar sintomas como tosse e falta de ar, é muito provável que não é o vírus influenza o responsável pelas manifestações.

Com isso, o médico poderá solicitar um exame para verificar a presença do novo coronavírus.

Além disso, a vacinação ainda desafoga os pronto-socorros e hospitais do sistema público e privado, que vão ter menos pacientes com gripe e mais espaço para um eventual surto de Covid-19 (o nome da doença provocada pelo novo coronavírus).

Como fica o calendário de vacinação?

– A partir de março: Idosos com mais de 60 anos ou trabalhadores de saúde podem tomar a vacina;

– A partir de 16 de abril: É a vez dos professores e profissionais de segurança e salvamento;

– A partir de 9 de maio: crianças de 6 meses a menores de 6 anos, doentes crônicos, pessoas com 55 anos ou mais, grávidas, mães no pós parto, população indígena e portadores de condições especiais;

– Dia D de vacinação: 9 de maio

Onde se vacinar contra a gripe em Juiz de Fora?

Como já abordamos anteriormente, as primeiras doses da vacina já estarão disponíveis na rede pública em Juiz de Fora, para os grupos da campanha, a partir de março.

Mesmo que não faça parte do público-alvo da campanha de vacinação contra a gripe 2020, você também pode se vacinar. 

A imunização traz benefícios para todo mundo a partir dos 6 meses de vida, por isso ela é tão importante.

O laboratório Côrtes Villela também oferecerá a imunização contra a gripe.

Aqui, você tem acesso a uma série de vantagens.

A primeira delas é que você não vai passar horas na fila esperando para se vacinar.

Nosso sistema de agendamento online permite que você marque o horário conforme sua disponibilidade.

Além disso, você ainda pode receber sua vacina sem sair de casa.

Nós vamos até você!

Existe coisa melhor do que estar no conforto da própria casa?

Entre em contato conosco para mais informações sobre as datas disponíveis para agendamento.


WhatsApp chat