Como se prevenir do Câncer de colo de útero?





O câncer de colo de útero é um tumor que provoca alterações na parede do colo de útero, que fica localizado no fundo da vagina. Normalmente o câncer se desenvolve por lesões que aparecem nessa área que não são tratadas. O principal causador dessas lesões é o Papilomavírus Humano (HPV).

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), em 2018 a estimativa era do aparecimento de 16.370 novos casos diagnosticados em mulheres no país. Esse é o segundo tipo de tumor mais frequente em mulheres no Brasil, segundo o Inca.

Fatores de risco para as mulheres

câncer de colo de útero

Prevenção do câncer de colo de útero

A principal prevenção do câncer de colo de útero está relacionada a prevenção do HPV, que é transmitido durante a relação sexual. Sendo assim, o uso de preservativos femininos ou masculinos ajudam na prevenção da transmissão da doença.

Outra forma de evitar o contágio do HPV é por meio da vacinação, que é indicada para meninas que tenham entre 9 e 14 anos de idade e meninos que tenham entre 11 e 14 anos. O Laboratório Côrtes Villela tem essa vacina disponível e pode te instruir quanto as doses a serem tomadas.

Por fim, é indicado a realização de consultas periódicas ao médico ginecologista para a realização do exame preventivo (Papanicolau), para que, caso haja alguma anormalidade, o tratamento aconteça de maneira efetiva e rápida, evitando que as lesões se desenvolvam para o câncer.

Sinais e Sintomas do câncer de colo de útero

De acordo com o Inca, o câncer de colo de útero pode ser assintomático, principalmente na fase inicial, dificultando o diagnóstico precoce da doença. Nos casos mais avançados, pode evoluir para sangramento vaginal intermitente (que vai e volta) ou após a relação sexual, secreção vaginal anormal e dor abdominal associada a queixas urinárias ou intestinais.

Se você notar alguma anormalidade na região da vagina,  é recomendado que você procure um médico ginecologista e relate a ele suas queixas. Além disso, manter as consultas e os check ups em dia ajuda a ter uma vida mais saudável e diminui os riscos do avanço das doenças.

Tratamentos

Entre os tratamentos para o câncer de colo de útero estão a cirurgia, a quimioterapia e a radioterapia. Somente o médico é capaz de prescrever o melhor tratamento para cada caso. O tipo de tratamento depende do estágio de evolução da doença, do tamanho do tumor e os fatores pessoais como idade e vontade de ter filhos.

Se for confirmada a presença de alguma lesão inicial nessa área, ela poderá ser tratada a nível ambulatorial, por meio de uma eletrocirurgia, de acordo com o Inca.

câncer de colo de útero


WhatsApp chat