Certificado Internacional de Vacinação saiba como tirar o seu

Certificado Internacional de Vacinação: saiba como tirar o seu





A rotina de viagem dos brasileiros vem aumentando cada vez mais. Conhecer outros lugares e principalmente novos países está se tornando um hábito e até mesmo prioridade na vida de muita pessoas.  

Para que isso aconteça é necessário que alguns documentos sejam emitidos com antecedência, como o passaporte e também os vistos para turismo ou trabalho de determinados países, garantindo sua entrada de uma forma tranquila e sem preocupações.

Às vezes a burocracia no processo de emissão desses documentos toma o tempo de muitas pessoas fazendo com que elas esqueçam de outra medida muito importante:  o cuidado com a saúde.

Além de um check up de rotina para saber como anda o seu estado de saúde, a vacinação é de extrema importância para quem tem planos de conhecer o mundo. Estar com o cartão de vacinas em dia é uma exigência de muitos países.

Por isso, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emite gratuitamente para todos os brasileiros o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia – CIVP.

O que é o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia?

O Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia – CIVP é um documento que comprova a vacinação contra diversas doenças. Assim como outros métodos profiláticos (medidas que previnem ou atenuam doenças) o CIVP é exigido por 135 países como condição para a entrada de um viajante.

Para brasileiros a vacina obrigatória é aquela contra a Febre Amarela e a imunização contra outras doenças varia de acordo com cada país. Por isso é preciso ficar atento às exigências de cada uma deles, já que muitos estão sempre atualizando suas listas.

O site oficial da Anvisa fornece essa lista completa e atualizada. Para ter acesso, basta acessar esse link e clicar em “Verifique as orientações para o país de destino”, depois é só escolher o destino e ler atentamente cada recomendação.

É muito importante se planejar com bastante antecedência, pois como informa a Anvisa, muitas vacinas levam de 10 dias a 6 semanas para fazerem efeito, sendo assim o não cumprimento desse prazo pode impedir a sua viagem.

Como tirar o CIVP?

O primeiro passo para a emissão deste certificado é atualizar o seu cartão de vacinas. Por isso,  com ele em mãos vá a uma Unidade Básica de Saúde ou em uma de nossas clínicas de vacinação e verifique se o mesmo está em dia. Ao se vacinar ou somente confirmar que seu cartão está atualizado, você receberá um comprovante que será de extrema importância para a emissão do CIVP.

A Clínica de Vacinação do Côrtes Villela, localizada em nossa unidade Matriz é uma das clínicas oficialmente cadastradas para a emissão deste certificado.  Basta solicitar um agendamento, trazer o cartão de vacinas e um documento com foto (RG, CNH ou carteira de trabalho).

Emissão CIVP

Sobre a Febre Amarela

Os casos de Febre Amarela cresceram nos últimos anos aqui no Brasil. É uma doença muito perigosa e que pode levar a morte. Por isso, é de extrema importância que todos sejam imunizados.

Em 2014, a Organização Mundial da Saúde (OMS) reconheceu que uma única dose da vacina oferece imunidade para a vida toda. Por isso, desde 2016, o CIVP não tem prazo de validade, sua eficácia é válida para sempre.  Se o seu certificado foi tirando antes disso, basta verificar qual a forma que você se vacinou contra a doença.

Se sua imunização foi de forma fracionada você não poderá tirar o Certificado Internacional de Vacinação. Ele é emitido apenas para as pessoas que tomaram a dose inteira (única). A vacina pode ser tomada por todas as pessoas exceto:

Nao devem vacinar Febre Amarela

Para esses casos a Anvisa recomenda que o paciente emite um atestado de Isenção de Vacinação. Este atestado é feito por um médico que irá avaliar as condições de viagem de cada paciente, garantindo sua segurança.

Fique atento: O atestado precisa estar em inglês ou francês e o modelo recomendado está disponível no site da anvisa.

O que fazer em caso de perda do CIVP

Caso você perca ou extravie o seu CIVP, é necessário que você retorne à unidade de saúde onde você tomou a vacina e solicite a segunda via. Se você o perdeu durante a viagem outras medidas são necessárias:

– Procurar o Consulado Brasileiro e fazer a solicitação informando seus dados pessoais (nome, data de nascimento, documento de identidade, CPF).

– O consulado enviará a solicitação com essas informações por e-mail para a área técnica da Anvisa responsável pela emissão. A partir daí a Anvisa identifica o seu cadastro e uma segunda via será emitida e enviado por -email ao consulado que emitirá um novo CIVP.

Não corra riscos durante sua viagem. A emissão do Certificado Internacional  de Vacinação é de extrema importância para a sua saúde e de sua família. Conheça nossa Clínica de vacinação e todas as nossas opções de imunização para crianças e adultos.

Você já baixou o nosso app?

A partir de agora você pode acessar os resultados de  seus exames laboratoriais sem precisar sair de casa. Com o aplicativo Côrtes Villela, disponível na Google Play e Apple Store, o laboratório oferece os seus principais serviços para você com comodidade e segurança.