Volta às aulas: Vacine crianças e adolescentes contra a meningite





Côrtes Villela oferece dois tipos de vacinas contra a meningite. Aplicadas ainda nos primeiros anos de vida, as vacinas protegem adultos e crianças das mais diversas formas da doença.

 

Em Juiz de Fora, as escolas voltam às aulas gradualmente, e os cuidados com a saúde dos jovens e das crianças na prevenção contra a Covid-19 são medidas necessárias. Para além disso, precisamos pensar em outras doenças que também são transmissíveis, como a meningite.

 

No Brasil, essa doença é mais comum em crianças de 5 a 11 anos. A meningite é uma doença grave que se caracteriza pela inflamação das meninges. Essenciais para o organismo, as meninges são membranas que protegem o sistema nervoso, incluindo estruturas como o cérebro e a medula espinhal. Segundo dados do Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, entre 2017 e 2019, a cobertura acumulada para a vacina meningocócica C foi de 41% entre os adolescentes de 11 a 14 anos, sendo que o objetivo do Ministério da Saúde é alcançar a cobertura de vacinas maior ou igual 80% do público-alvo.

 

A vacinação é a forma mais eficaz de prevenção. Por ser um doença contagiosa e geralmente contraída pelo contato com pessoas infectadas, além dos cuidados básicos e de evitar o compartilhamento de objetos e frequentar lugares com grandes aglomerações, a principal forma de prevenção é a vacinação. As vacinas são produzidas por meio dos microorganismos inativados do DNA das células das bactérias e dos vírus que causam a infecção, criando agentes antígenos que desencadeiam a produção de anticorpos necessários para a prevenção da doença.

 

Vacinas contra meningite disponíveis no Côrtes Villela

O Côrtes Villela oferece dois tipos de vacinas contra a meningite. Aplicadas ainda nos primeiros anos de vida, a vacina protege adultos e crianças das mais diversas formas da doença.

Meningocócica conjugada ACWY

É a forma da vacina inativada, por isso não corre o risco de desenvolver a doença. Com três doses no primeiro ano de vida e reforços aos 12 meses, 5 anos e 11 anos de idade. Protege contra as bactérias do tipo A, C, W e Y. São indicadas também para adultos e crianças que não foram imunizados na infância, e seu reforço deve ser tomado em um intervalo máximo de 2 anos

Meningocócica B

Protege contra a doença causada pelo Meningococo tipo B, é indicada nos primeiros meses de vida com doses aos 3, 5 e 7 meses e reforços aos 12 e 15 meses. Para adolescentes e adultos, são indicadas duas doses com intervalos de 2 meses entre cada uma delas

 

Mantenha o cartão de vacinas do seu filho atualizado e cuide das crianças ao redor! Confira nossa unidade mais próxima de você!
Leia também: Vacina da gripe: Imunização em casa

 

Côrtes Villela

www.cortesvillela.com.br

Vacinas
Telefone vacinas: (32) 3239-5035 Whatsapp vacinas: (32) 98834-8159

Referência: Volta às aulas: Vacine crianças e adolescentes contra a meningite (tribunademinas.com.br)